Marketing Digital
Blog > Marketing Digital

5 passos para encontrar o seu público-alvo

quinta-feira, 4 junho 2015

O marketing, nos dias de hoje, depende diretamente de conhecer o seu público-alvo. Mas, na prática, o que isso significa? Por incrível que pareça, é muito comum ver estratégias de marketing inteiras serem planejadas com base no público que eles gostariam de atingir, e no que eles acham que esse público gostaria de ver. Com sorte, às vezes dá até para acertar. Às vezes.

Como, então, resolver esse problema – sair da zona do achismo de uma vez por todas e investir naquele que é, de fato, o público-alvo interessado naquilo que você tem para oferecer? É mais simples do que parece, a gente promete! Confira, então, 5 passos para encontrar o público-alvo do seu negócio!

Encontre seu Público-Alvo!

  • Passo 01 – Entendendo os seus pontos fortes

Antes de tentar entender a sua clientela, é preciso garantir que você entende do próprio produto. Cada produto/serviço possui uma função, um público-alvo, serve para suprir uma necessidade, e entender que tipo de soluções o seu negócio fornece é um ponto chave para começar a pensar em que tipo de pessoa gostaria/precisaria adquirir o meu produto e por quê?

Para descobrir isso, primeiramente, descreva o que aquilo que você quer vender faz. Pode parecer besteira, mas esse é um exercício que ajuda infinitamente neste processo de traçar o público-alvo do seu negócio, sério!

Depois, liste bem detalhadamente cada característica do seu produto. Então, tente pensar nos benefícios que cada uma dessas características podem trazer para o comprador, e faça uma lista de como esses benefícios podem solucionar problemas na vida do seu público. Agora, sim, é o momento para começar a pensar nas pessoas que você quer atingir: quais pessoas vivem esses problemas que o seu produto soluciona? A resposta para essa pergunta é a primeira espiadinha que você vai dar no seu público-alvo!

  • Passo 02 – Analisando o público que já existe

Pode ser que você já tenha um público – os clientes que, atualmente, compram seus produtos. Entender as características deles e seus padrões de compra pode revelar muito sobre o seu negócio. Procure analisar quais elementos dos seus produtos e da sua estratégia de marketing influenciaram para trazer estes clientes ao seu negócio!

Também é importante identificar características e padrões no comportamento destes clientes. Distribuição demográfica, faixa etária, hábitos de compra, e outros dados. Outra boa estratégia é mensurar tudo isso, mas no público dos concorrentes; descubra tudo o que você puder sobre o perfil daqueles que usam produtos e serviços parecidos com os que você oferece – o que nos dá a deixa para o próximo passo:

  • Passo 03 – Espiando a concorrência

A grande maioria das pessoas não têm a sorte de inventar um produto único, sem precedentes, que o mundo nunca viu algo parecido. Por isso, é muito importante se manter informado a respeito dessas empresas concorrentes. As estratégias delas podem acrescentar, e muito, nas suas, ajudando a pensar em como melhorar e atingir um público que, de repente, você ainda não alcançou.

Para isso, é preciso identificar seus concorrentes: procure pelas empresas já estabelecidas no mercado, mas não subestime, também, as mais novas. Depois, é o momento de observar falhas e sucessos, aprender com as experiências delas, e tentar investir naquilo que torna a sua empresa diferente!

  • Passo 04 – Criando o perfil de público e encontrando-os!

Agora que você já tem informação suficiente para organizar um perfil de público bem completo, com informações demográficas e psicográficas, é o momento de sair à caça deste público. Para isso, você precisa saber onde encontrá-lo e como se conectar com ele.

Uma das maneiras de fazer isso é analisando os clientes que já estão te encontrando. Capitalizar naquilo que já está funcionando é sempre uma estratégia sólida de negócios – se você teve sucesso em campanhas de e-mail marketing, continue trabalhando para aumentar sua lista; se existem interações entre sua marca e seus clientes nas redes sociais, continue aumentando este público.

Outra boa estratégia é encontrar as redes sociais que melhor se encaixam aos seus serviços e investir em campanhas próprias para elas. Se o seu produto é bem visual, redes como o Instagram, Pinterest e Tumblr podem ser ótimas escolhas. Se o seu interesse é trabalhar a imagem institucional do seu negócio, LinkedIn, Google+ e Facebook são essenciais.

  • Passo 05 – Evoluindo com olhos no futuro!

Qualquer mercado está sujeito às mudanças repentinas proporcionadas pelas novas tecnologias que emergem a cada dia. Como resultado, campanhas tem a tendência de ter uma duração cada vez menor. Por isso, é importante estar constantemente revisando e revisitando os perfis traçados para seu público-alvo, visto que tudo está extremamente sujeito à mudanças.

Outro bom exercício é imaginar seu produto e sua empresa daqui cinco anos. Seu negócio e seus clientes precisam andar na mesma direção! Além disso, é muito importante manter-se sempre atento às tecnologias relacionadas não somente à sua empresa, mas também para comunicar-se com o seu público!

Rafaela Silvestrini

Gestora de conteúdo na K2, vive para convencer o mundo que "conteúdo é vida", apertar gatinhos, comer coxinha e sofrer por personagens ficcionais.

Infográfico: Principais tendências web 2015!

Leia mais posts sobre: Marketing Digital

Storytelling Marketing, mas que história é essa?

Storytelling Marketing, mas que história é essa?...

Como diz o velho ditado, “quem conta um conto, aumenta um ponto”. A pr...
5 dicas para conquistar a Geração Y!

5 dicas para conquistar a Geração Y!

O cenário que era de revolta e busca pela liberdade de expressão – defe...