Marketing de BuscaMarketing Digital
Blog > Marketing de Busca

A relação entre SEO e Marketing de Conteúdo

quarta-feira, 17 agosto 2016

Que SEO (Automação para Sites de Busca) e Marketing de Conteúdo são duas estratégias do Marketing Digital você já deve saber. Agora, a questão é compreender em que ponto essas duas estratégias se encaixam. Será que elas podem andar juntas?

Já vou logo adiantando: a resposta é sim!

E sabe por quê?

Porque, mesmo que você tenha conteúdos muito bons em seu blog, eles ficarão escondidos em meio a tantas informações se você não investir em buscas. Pode apostar: na web, há milhões de pessoas falando do mesmo assunto que você deseja abordar. É preciso alcançar destaque!

Mas como se destacar em um mercado (online) tão competitivo?

Sabemos que o método de busca mais utilizado é a internet. Além disso, sabemos que, quando se trata de mecanismos de busca, o Google é a principal fonte dos usuários. E convenhamos: aparecer nos primeiros resultados de buscas orgânicas não é trabalho fácil.

Se você já possui um site, a melhor forma de aumentar o seu alcance é tendo conteúdo próprio e de qualidade. Mas “aparecer no Google” envolve vários outros fatores, e um deles é a otimização de seu site. Esse trabalho é indispensável, já que é por meio de suas técnicas, estratégias e métodos que a sua empresa se posiciona da melhor forma no Google.

Com essa breve explicação, você já deve ter percebido que SEO e Marketing de Conteúdo trabalham muito bem juntos, não é? Resumindo, o tráfego pertencerá a quem tiver conteúdo. Por outro lado, se você quiser garantir sucesso no Marketing de Conteúdo, terá que aplicar as técnicas de SEO em sua implementação!

Isso porque, além de um bom conteúdo, os robôs do Google irão analisar quais conteúdos se adequam às melhores práticas para otimizar a experiência do usuário e, ao mesmo tempo, quais atendem ao que o buscador considera importante.

Ainda assim, algumas pessoas pensam que o Marketing de Conteúdo elimina a necessidade de SEO.

Pois bem. Para entender por que esse pensamento é errado, aí vai uma explicação mais aprofundada:

Os principais fatores que ajudam a otimizar uma página para motores de busca são, de um lado, a quantidade e a qualidade de links que a página recebe e, de outro, a qualidade e a relevância do conteúdo.

Em relação aos links, o Google trabalha com dois índices poderosos: Domain Authority (Autoridade do Domínio) e Page Authority (Autoridade da Página).  O primeiro é sobre a avaliação de uma página específica, enquanto o segundo é a avaliação de um domínio como um todo.

Quando o seu site recebe links de sites com mais autoridade, presume-se que esses links têm mais qualidade, e isso também é transferido para a sua página (já que uma página com links de qualidade apontando para ela é mais bem posicionada nos motores de busca).

Como conseguir links de páginas com autoridade?

Para o Google, uma página com autoridade é aquela que, além de outros fatores, possui muitos visitantes e baixo índice de rejeição.  Assim, se o seu conteúdo for de qualidade, as chances de você gerar links de qualidade em sites que possuem autoridade são maiores.

Por isso, uma boa estratégia de SEO começa com um bom conteúdo. Conteúdos de qualidade e que possuem relevância geram mais links, cliques e compartilhamentos, contribuindo muito para que o Google entenda que a sua página merece estar nos primeiros resultados de busca.

Os dois profissionais

Para otimizar o seu site, o profissional de SEO utilizará de várias técnicas e ações para que seu site apareça nos primeiros resultados do Google. Ele fará estudos, análises, alterações, implementações e correções. Mas, se o conteúdo não for de qualidade, esse trabalho será em vão.

O ponto que eu quero chegar é: o seu Marketing de Conteúdo precisa de SEO, e seu SEO precisa de Marketing de Conteúdo. Um profissional de SEO precisa saber sobre Marketing de Conteúdo – e vice-versa.

Claramente, o Marketing de Conteúdo só vai ser bem-sucedido se tiver características de SEO, tais como palavras-chaves, títulos relevantes, uso correto de imagens e tamanho do texto. O profissional de conteúdo deve estar sempre atento a isso.

Veja bem: a menos que as pessoas o pesquisem e o encontrem, o seu conteúdo não irá a lugar algum. E o SEO é fundamental para que isso aconteça.

Portanto, estude o seu público, saiba quais pautas de conteúdo serão interessantes para eles e, claro, otimize o seu site! Uma coisa é certa: não se faz SEO sem um bom conteúdo.

 

Camila Rodrigues

Viciada em assistir a séries e em proteger bichinhos indefesos. Acredita que a sua mais nobre missão no jornalismo é dar voz a quem não a tem – os animais.

 Infográfico: O que é SEO: guia básico para iniciantes!

Leia mais posts sobre: Marketing de Busca

SEO para Youtube: saiba como posicionar seus vídeos

Saiba como fazer SEO para YouTube

Com mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, o YouTube já figura en...
Google Awords: É só pagar para aparecer?

Google AdWords: É só pagar para aparecer?

É muito comum um cliente procurar uma agência digital com o pedido: “Eu...