Marketing de Busca
Blog > Marketing de Busca

Com o fim dos anúncios laterais do Google AdWords, buscas orgânicas têm maior valor

quarta-feira, 9 março 2016

A Google aplicou uma mudança significativa nas exibições de anúncios nos resultados de pesquisas. Desde o início de 2015 testes estavam sendo realizados em alguns resultados do buscador, mas somente em fevereiro de 2016 usuários sentiram a mudança. A gigante de buscas confirmou o fim dos anúncios laterais do Google.

Mas no que impactará nos resultados orgânicos? Será o fim de SEO? Calma! Agora é que as estratégias de SEO ganham ainda mais importância.

Efeito prático e visual

A primeira coisa que devemos notar é que dependendo das competitividades das palavras-chave, os resultados orgânicos sequer aparecem acima da primeira dobra da página, ou seja, logo na abertura dos resultados são exibidos somente anúncios.

Com o fim dos anúncios laterais do Google Adwords, buscas orgânicas têm maior valor

Anúncios empurram resultados orgânicos para baixo da dobra de página.

A primeira vista muita gente deve pensar em diminuir drasticamente os investimentos e esforços em SEO, mas fazer isso é praticamente um suicídio para a sua empresa. Entenda a situação.

Aparecer nos resultados orgânicos é ainda mais crucial!

Se analisarmos no ponto de vista quantitativo, até o momento o número de anúncios diminuiu. No bloco lateral eram exibidos aproximadamente 5 anúncios, dependendo da competitividade da palavra-chave.

No lugar dos anúncios laterais, a Google tem intenções de dar mais destaques aos produtos anunciados no Google Shopping, blocos de informações orgânicas (resultados de empresas locais, por exemplo) e eventualmente (ainda não confirmado) até vídeos orgânicos ou patrocinados.

Por esses aspectos, o site da sua empresa precisa mais do que nunca estar entre os 10 primeiros resultados orgânicos pelo aumento da competitividade.

Com destaque maior para resultados de empresas locais, ou seja, da cidade e região do usuário, a otimização do Google Meu Negócio e o site da sua empresa ganha um toque a mais de atenção.

Buscas orgânicas ganham mais importância

Observando o caso exibido acima até parece anúncio, mas não é. A taxa de clique é elevada devido a um resultado tão destacado.

Muitos usuários confiam nos resultados orgânicos

Nem todo anúncio tem qualidade suficiente para convencer os usuários a acessarem o site da empresa, assim como há uma grande quantidade de pessoas que conhecem a diferença de resultados e confiam muito mais nas exibições orgânicas ocasionadas pelos algoritmos do mecanismo de pesquisa do que links patrocinados. Só para se ter uma ideia, mais da metade dos pesquisadores acreditam que empresas bem posicionadas organicamente são líderes de mercado e confiáveis.

Em casos de emergência, posições orgânicas garantem acessos

Nunca se sabe o que vai acontecer no futuro. A verba publicitária pode ficar apertada e os anúncios desaparecem do Google. Estar bem posicionado com SEO é o alicerce necessário para manter presença no canal que mais concentra seus potenciais clientes.

O fim dos anúncios laterais do Google Adwords tem muitos objetivos para a companhia, certamente. Ainda é muito cedo concluir se essa mudança será boa ou não para anunciantes e empresas que já geram alto valor com as pesquisas orgânicas. O fato é que devemos acompanhar atentamente relatórios e resultados.

Leia também nossos artigos sobre marketing de busca, novidades sempre são postadas por lá.

Paulo Sebin

Especialista em colocar o seu site ou blog nas primeiras posições dos buscadores e aumentar as vendas. Jornalista especializado em SEO.

eBook Gratuito: Estratégias para Divulgar Site no Google com SEO e AdWords

Leia mais posts sobre: Marketing de Busca

Como atrair clientes para o seu site com SEO

Como atrair clientes para o seu site com SEO

Ao contrário do que muitos estrategistas e empresários pensam sobre corta...
Você sabe o que é Buyer Persona e como ela pode ajudar o seu negócio?

Você sabe o que é Buyer Persona e como ela pode ...

Conhecer o perfil e entender como funciona a cabeça do consumidor dos seus...