Marketing Digital
Blog > Marketing Digital

Dicas para um bom briefing

terça-feira, 5 maio 2015

O briefing é uma estratégia essencial para identificar o perfil do cliente de uma agência de marketing digital. É o primeiro contato, às vezes pessoalmente ou por telefone, entre clientes e agência, com o objetivo de expor um plano de ação inicial para as estratégias de marketing. Com ele, é possível saber de todos os fatores importantes que guiam os negócios do cliente, desde o público alvo até visão e missão da empresa.

E como fazer briefing e obter sucesso? É necessário que haja uma sintonia entre as duas partes – a agência e você, o cliente – para que informações essenciais sejam 100% transmitidas. Assim, fica muito mais fácil – e menos cansativo para ambos os lados – realizar ações certeiras de marketing digital.

Separamos algumas dicas sobre como fazer briefing para ações de marketing digital, essenciais tanto aos realizadores das ações de marketing quanto a você, cliente. Confira abaixo.

Dicas para um bom briefing

Fale sobre a sua empresa

Pode parecer um conselho óbvio, mas é muito importante falar sobre a sua empresa com quem será responsável por traçar uma estratégia de marketing digital para ela (na hora do briefing, esse “alguém” será um analista de marketing). Mas, falar sobre o que, exatamente? Sobre tudo o que achar que é essencial: sócios, visão, missão, número de funcionários, crises, estratégias fracassadas ou existosas… Não se preocupe em sobrecarregar a agência com informações demais: todas elas, de uma forma ou de outra, serão importantes para as estratégias que virão a seguir.


e-Book 10 Ferramentas para Facilitar Ações de Marketing Digital

Saiba seu público-alvo

Todo negócio tem um público-alvo, ou seja, um público ao qual as estratégias de publicidade são direcionadas. É importante saber qual é o seu público-alvo antes de investir em marketing digital, afinal, sem isso, será praticamente impossível acertar efetivamente estratégias válidas, ou seja, muito provavelmente vão ocorrer desperdícios de tempo de ambos os lados. Tudo fica mais fácil: você economiza tempo e a sua agência também.

Disponibilize pesquisas ou impressões

O que determinado público, de uma cidade X, acha do seu comércio virtual? Se você tem em mãos pesquisas de mercado (sólidas ou não), guarde-as para o briefing. Todos os dados de percepção sobre sua marca, mesmo os não confirmáveis, podem servir de algo. Até a percepção de seus vendedores com relação à aceitabilidade de algum produto ou serviço serve aos responsáveis pelas estratégias de marketing digital da sua empresa. Se o produto X não agrada ao consumidor Y por conta de um fator Z, leve isso em conta e repasse!

Estude a concorrência

O que seria do seu e de qualquer negócio sem a concorrência? Ela lhe instiga a conseguir melhores resultados e muitas vezes fornece inspiração (ou dor de cabeça), mas também serve – e muito – para ajudar a sua agência de marketing digital a traçar estratégias eficazes. Aqui, leve em consideração as práticas positivas que seus concorrentes fazem (benchmarking) sem medo de ser feliz.

Ah, e não queira simplesmente copiar estratégias de seus concorrentes. Com certeza, sua empresa tem características únicas (até em relação à concorrência) que podem ser muito bem aproveitadas em estratégias de marketing digital!

Detalhe sua comunicação

Se sua empresa já tem uma página no Facebook, conta no Instagram e Google Plus, blog, ações de marketing visual orientadas, entre outras formas de comunicação, informe ao analista. Mesmo que você não vá contratar serviços de monitoramento de redes sociais, é sempre bom saber quais são os canais disponíveis para comunicação com o público.

Dicas para um bom briefing

Saiba o que quer

Do que você necessita quando procura uma agência de marketing digital? Aumentar vendas? Aumentar vendas e fazer recall (lembrança da marca)? Reposicionar a marca? Expandir o público-alvo? Conte tudo em detalhes na hora do briefing. Caso não saiba muito bem, não se desespere: uma boa conversa com o analista pode deixar as coisas mais claras.

Quanto tenho em mente gastar?

Abrir seu orçamento disponível é uma forma segura de expor à agência, sem erro, suas possibilidades. Ser franco e exigir franqueza são essenciais nessa hora, já que esse processo exige confiança de ambos os lados. Uma agência de marketing digital competente e confiável solicitará um orçamento cabível e justo. Da mesma forma, a sua empresa, estando ciente do valor de que dispõe e quanto um serviço de marketing digital pode custar, dificilmente será enganada.

Prazos?

Algumas ações de marketing digital levam tempo, mas sua empresa pode necessitar de outras ações em um curto espaço de tempo. Vai depender dos seus objetivos. Algumas estratégias podem ser mensuradas quase imediatamente, como as campanhas de links patrocinados do Google Adwords; já outras, como Otimização para Mecanismos de Busca (SEO), levam meses para apresentar resultados. Se você deseja uma estratégia mais agressiva, com resultados mais imediatos, deixe isso claro.

Essas são algumas dicas importantes e básicas para um bom briefing. O início do relacionamento entre o cliente e a agência é o primeiro passo de uma parceria que pode se estender por um bom tempo, então é interessante que seja um bom começo. Seu negócio só tem a ganhar.

Aproveite para ler muitas outras dicas de marketing digital em nosso blog. Imperdível.

Redação K2 Comunicação

Redação da K2 Comunicação — Agência de Marketing Digital Full Service, especializada em resultados e soluções personalizadas.

eBook gratuito: Dez Ferramentas para Facilitar suas Ações de Marketing Digital

Leia mais posts sobre: Marketing Digital

Consiga uma lista de e-mails válidos e aumente suas vendas

Consiga uma lista de e-mails válidos e aumente su...

O e-mail marketing é, seguramente, uma das formas mais eficazes de marketi...
Storytelling Marketing, mas que história é essa?

Storytelling Marketing, mas que história é essa?...

Como diz o velho ditado, “quem conta um conto, aumenta um ponto”. A pr...