Marketing de Busca
Blog > Marketing de Busca

Marketing de conteúdo para iniciantes: tendência para sua empresa

sexta-feira, 10 abril 2015

O marketing de conteúdo é uma das grandes tendências do marketing digital na atualidade, embora ainda seja pouco explorado no Brasil. Se você tem uma empresa e está interessado em saber mais sobre isso, vamos ensinar, neste post, os princípios desse modelo de marketing e o quanto ele é importante para a sua empresa. Para isso, vamos recorrer ao e-book Marketing de Conteúdo para Iniciantes, produzido pela equipe do Viver de Blog. Vamos lá?

O marketing de conteúdo surgiu de uma necessidade de as marcas se colocarem no mercado publicitário de forma atraente, levando em consideração a grande concorrência em todas as mídias possíveis. Há 15 anos, a concorrência por publicidade no Brasil e no mundo era muito menor, se levarmos em conta a reduzida força da internet. A publicidade ficava, então, a cargo das emissoras de TV, rádio, jornais e outros materiais impressos.

Hoje, no entanto, o ambiente virtual está inundado de publicidade. Textos, vídeos, podcasts, banners, enfim, todas as formas de publicidade convivem juntas – às vezes de forma harmoniosa, às vezes não. E é justamente por causa dessa falta de harmonia que o cliente prefere ler/ouvir/assistir conteúdo de qualidade, bem direcionado, simples e ao mesmo tempo útil. O resultado é que cada vez mais as empresas estão correndo atrás desse tipo de marketing. Mas, de que forma você ganha com isso?

Saiba tudo sobre marketing de conteúdo para iniciantes com este post

Qualidades do marketing de conteúdo

Segundo e-book, o marketing de conteúdo não é nem um pouco parecido com estratégias imediatistas de marketing. Investir nele leva tempo, e os resultados só vêm com planejamento de médio e longo prazo. No entanto, tem se mostrado a melhor estratégia de marketing para atrair leitores para a sua página e, com trabalho duro, clientes fiéis.

Além disso, marketing de conteúdo é uma das formas mais baratas de se obter retorno, pois requer criação de conteúdo e outros fatores não mensuráveis, como criatividade e inventividade. É lógico que isso não significa que seja a mais simples das formas de marketing, e nem que seja a única.

Abaixo, veremos como o marketing de conteúdo, combinado com várias outras estratégias de marketing, traz o retorno necessário ao seu negócio. Aproveite para saber mais sobre o que é Inbound Marketing.

7 estratégias de marketing de conteúdo para iniciantes

Blog

Blog significa conteúdo. Empresas que possuem blogs certamente estão preocupadas em produzir conteúdo e dialogar com os clientes e potenciais clientes. O que a maioria delas não sabe – pelo menos não dessa forma – é que o blog é a ferramenta mais poderosa do marketing de conteúdo.

Ter um blog permite à empresa compreender seu público-alvo. Sem isso, é impossível saber ao certo a quem se está falando. Saber classe social, idade, sexo e preferências de seus clientes é necessário para fazer uma estratégia efetiva de marketing de conteúdo. Com essas informações, é possível definir linguagem, formas de abordagem e os assuntos que mais vão agradar seus clientes.

E-mail marketing

Em pleno 2015, muitos ainda se perguntam se campanhas de e-mail marketing ainda funcionam. Com tantas pessoas nas redes sociais, é viável continuar apostando em e-mail marketing? A resposta é: sim, é viável – e muito. Campanhas de e-mail marketing chegam mais próximo dos clientes ou potenciais clientes e têm maior potencial de conversões e vendas.

Se personalizados, os e-mails-marketing ajudam a impulsionar o marketing de conteúdo de sua empresa. Para isso, é fundamental produzir conteúdo relevante e ser direto ao oferecer soluções para os clientes. Lembre-se: solucionar problemas e cativar clientes é um meio que não deve ser ignorado, mesmo que a função primordial de sua empresa seja vender produtos e serviços.

Vídeo marketing

Estamos nos tornando cada vez mais visuais – com o marketing de conteúdo, isso não é diferente. Absorvemos cada vez mais vídeos, sons e imagens ao invés de textos. Produzir vídeo marketing está cada vez mais entrando no horizonte das empresas atualmente, tanto pela facilidade em absorver conteúdo em vídeo quanto pela facilidade em produzi-lo – afinal, está muito mais barato atualmente produzir um bom vídeo. Os vídeos da sua empresa devem sempre ser explicativos, diretos e simplificados. A meta deve ser a solução do problema do cliente.

Infográficos

Ainda no quesito visualidade, os infográficos são cada vez mais consumidos pelos internautas. Eles atraem e envolvem os leitores, principalmente quando possuem design inovador e bonito. É uma boa maneira de apresentar as formas de utilização e manuais de instalação de produtos, além dos serviços de sua empresa.

E-books

Ao produzir e-books para seus clientes, você usa de duas estratégias: soluciona dúvidas e problemas e ainda capta clientes ou potenciais clientes para suas campanhas de e-mail marketing. Afinal, quem baixa um e-book está realmente interessado em saber mais sobre seus produtos e serviços do que o que está em seu blog ou site. Essa mesma pessoa não vai se importar, então, em receber e-mails da sua empresa. É uma prática honesta e atraente de marketing.

Webinários

Webnários também são ótimas estratégias de marketing de conteúdo. Essas palestras interativas online sempre solucionam dúvidas dos clientes, desde que abram espaço para perguntas e respostas. Os vídeos devem ser dinâmicos, breves e bem produzidos. É importante, também, promove-los nas redes sociais e listas de e-mails a clientes cadastrados.

Redes sociais

As redes sociais são armas poderosas para empresas, porém devem ser usadas corretamente. Para o marketing de conteúdo da sua empresa, é vital não usar redes sociais como principal estratégia. Os motivos são claros, porém difíceis de notar logo de cara: os termos de uso mudam a todo momento, o que pode inviabilizar campanhas comerciais de um dia para o outro; os conteúdos não são mensuráveis – alcance ou curtidas são, mas não definem eficácia de marketing de conteúdo.

No entanto, as redes são peças importantes na sua estratégia, afinal muitos clientes estão nelas e gostam de interagir com as marcas que apreciam. Algumas regras básicas para sua empresa nas redes sociais: não compartilhar qualquer conteúdo, principalmente se o assunto não diz respeito ao seu negócio; não se empolgar por curtidas ou compartilhamentos, afinal, por mais que representem aceitação, não medem uma estratégia de marketing de conteúdo.

Como conseguir tudo isso?

Agora que você já sabe como fazer marketing de conteúdo para iniciantes e como ele pode melhorar a exposição da sua marca, deve estar se perguntando: e agora? Uma boa agência de marketing digital full service, ou seja, que ofereça todos os serviços listados acima, pode lhe ajudar. O marketing de conteúdo é duradouro e eficiente e, se combinado com outras estratégias – um site bem otimizado, boas campanhas de links patrocinados, um site bem desenvolvido – será o diferencial entre a sua marca e a concorrência.

Redação K2 Comunicação

Redação da K2 Comunicação — Agência de Marketing Digital Full Service, especializada em resultados e soluções personalizadas.

eBook Gratuito: Planejamento Estratégico de Marketing Digital para Empresas

Leia mais posts sobre: Marketing de Busca

Remarketing AdWords: os banners que te perseguem

Remarketing AdWords: os banners que te perseguem

Quem nunca entrou em um site para ver algum tipo de produto ou serviço, ma...
Anunciar no Google: Por que pagar pelos meus anúncios?

Anunciar no Google: Por que pagar pelos meus anún...

Se você tem uma empresa no mundo digital, há várias maneiras de divulgá...