Redes SociaisWeb Design
Blog > Redes Sociais

Marketing nas redes sociais ou e-mail marketing: qual escolher?

quarta-feira, 22 abril 2015

O e-mail marketing ainda funciona e, apesar do crescimento das redes sociais, ele continua sendo eficaz. Além de ser uma solução barata, implica em altas taxas de retorno quando usadas adequadamente – no Blog da K2, já escrevemos sobre isso neste post aqui. Da mesma forma, as redes sociais vêm crescendo a cada dia. Neste post, falaremos um pouco mais sobre e-mail marketing e marketing nas redes sociais. Qual dos dois é mais eficaz para a sua estratégia de marketing? Ou melhor: é possível compará-los?

Evidentemente, cada estratégia, por ser diferente, tem prós e contras. Por exemplo, já percebeu que as postagens nas redes sociais não chegam para todos os conectados à sua página? Segundo estudos, e-mails são entregues a mais de 90% dos destinatários, enquanto publicações de marketing nas redes sociais só chegam a 2% deles, embora atinjam o usuário de uma forma diferente. Isso é uma das provas de que não há uma estratégia melhor do que outra, e, sim, estratégias diferentes que merecem atenção – e vamos mostrar o porquê.

Madonna e Lady Gaga

O consultor de marketing Jay Baer uma vez citou que o e-mail marketing é como a Madonna e o Facebook é como Lady Gaga. Não entendeu nada? Ok, vamos explicar. É uma análise divertida e descontraída que faz todo o sentido: o velho e o novo coexistem e, assim como Madonna e Lady Gaga são estrelas do entretenimento pop, o e-mail e as redes sociais são estrelas indispensáveis de qualquer estratégia de marketing digital. Usados no momento certo e da forma correta, não vão lhe decepcionar.

A própria plataforma das redes sociais é muito diferente de uma conta de e-mail. Infelizmente, é necessário informar, primeiro, que você não é dono da sua página nas redes sociais, por mais que se dedique a atualizá-la e a deixa-la atraente para a sua clientela. Você não pode mudar o visual da sua página: o Facebook dita as regras que você deve seguir. Além disso, a empresa pode excluir sua página sem lhe pedir licença. Imagine uma página no Facebook, com 10.000 curtidas, hackeada ou deletada! Dá para recuperar esses seguidores? Não, não é possível. Enquanto isso, no e-mail marketing, você é o único dono da sua lista de e-mails e terá seus contatos intactos.

Essa é apenas uma das diferenças entre essas duas estratégias. Listamos, abaixo, outras que podem lhe ajudar a pensar na melhor estratégia de marketing digital para sua empresa, de acordo com o que deseja no momento.

Marketing nas redes sociais ou e-mail marketing: qual escolher?

E-mail marketing

Foco na mensagem

Para manter campanhas de e-mail marketing permanentes, é indispensável focar no público alvo e na mensagem. Para realmente funcionar, é necessário investir em uma arte objetiva e exclusiva, respeitando o gosto dos clientes em potencial.

Construa seu próprio lead e fidelize clientes

Uma lista de contatos para e-mail marketing (lead) qualificada significa contatos cadastrados e interessados em receber as informações sobre a sua empresa. São esses os contatos que mais lhe interessam e merecem, por isso, uma comunicação mais direta, objetiva e eficiente.

Menos é mais

Para que os e-mails não sejam encaminhados diretos para a caixa de spam, correndo o risco de sequer serem lidos, é importante não enviá-los com tanta frequência. Ser claro na redação do e-mail, elaborar um bom título (assunto da mensagem) curto e atraente, mandar a mensagem no horário certo da audiência de acordo com as categorias de público alvo são requisitos para realizar uma boa campanha de e-mail marketing.

Relações profundas

Apesar do imediatismo das redes sociais, o contato por e-mail é mais profundo e pessoal. Abuse disso quando preciso: cite o nome do possível cliente no corpo do texto. Essa estratégia torna-o especial e aumenta as chances de que próximos e-mails sejam abertos e respondidos. Isso tudo, claro, pode aumentar suas conversões.

Redes sociais

“Boom” das redes

As redes sociais, sem dúvidas, são ferramentas poderosas no marketing digital. Além de fazer parte do nosso dia-a-dia de forma cada vez mais intensa (o Brasil já é um dos países com maior número de usuários de redes sociais), pode atingir um grande número de possíveis clientes com muita facilidade.

Porém, nem tudo são flores! Muitos acham que é só fazer uma publicação no Facebook com a divulgação do projeto e, pronto, já é o suficiente. Infelizmente, as coisas não são e nunca foram tão simples.

Anúncios pagos

Os anúncios pagos são uma forma eficiente para abranger rapidamente o público alvo, disponibilizando as novidades da empresa. Ou seja, mais visitas, mais negócios.

Facebook Ads

O Facebook Ads possibilita empresas hospedarem páginas de várias marcas e serviços, combinando a circulação dos anúncios baseados no perfil do usuário, dos amigos dele e de suas atividades na linha do tempo.

Facebook Insights

O Facebook Insights é um serviço de dados analíticos com métricas de desempenhos. Com ele, é possível ver o alcance dos posts e também saber de onde estão vindo as curtidas da sua página.

Ok, mas qual dos dois eu escolho?

Ainda em dúvida? A utilização das duas ferramentas (redes sociais e e-mail marketing), combinadas e se ajudando mutuamente, pode ser extremamente rentável. Uma boa estratégia é começar com um diálogo informal em alguma rede social e aprofundá-lo em um contato mais pessoal via e-mail.

Vale lembrar o que afirmamos lá em cima: em marketing digital, nenhuma estratégia isolada vai leva-lo ao êxito. Por fim, o conselho mais valioso: invista em uma agência de marketing digital que use de estratégias diferentes, no momento certo e da forma correta para o seu negócio.

Rafaela Silvestrini

Gestora de conteúdo na K2, vive para convencer o mundo que "conteúdo é vida", apertar gatinhos, comer coxinha e sofrer por personagens ficcionais.

Infográfico: Melhores Horários para Postagem nas Redes Sociais

Leia mais posts sobre: Redes Sociais

Loja virtual no Facebook: dá para vender?

Loja virtual no Facebook: dá para vender?

A cada ano surgem novas lojas virtuais no Brasil. Não seria para menos, po...
Onde é melhor investir: Google AdWords ou Facebook Ads?

Onde é melhor investir: Google AdWords ou Faceboo...

Quando falamos de anúncios na web, pensamos, automaticamente, nos dois pri...