Marketing de Busca
Blog > Marketing de Busca

Saiba como fazer SEO para YouTube

segunda-feira, 15 agosto 2016

Com mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, o YouTube já figura entre os principais sites do planeta e é acessado por centenas de países – apesar de ser uma rede muito associada aos Estados Unidos, mais de 80% dos usuários são de fora dos EUA. A relevância da rede social é tamanha que existem versões para 88 países de 75 idiomas diferentes.

Nada melhor para o seu negócio do que aproveitar essa ferramenta poderosa e otimizar seus vídeos para o YouTube. Não é tão óbvio que o YouTube tem um buscador interno ao qual devemos prestar atenção: quando procuramos alguma música, tutorial, filme ou um vídeo qualquer, o robô do YouTube cruza uma série de dados para entregar o resultado que você vai visualizar na tela do seu PC. Sim, é bem parecido com os mecanismos de busca para os buscadores Google, Bing, Yahoo e muitos outros.

Neste post, vamos tratar dos principais fatores utilizados pela rede social para fazer SEO para YouTube. Acompanhe!

Título do vídeo

O título do vídeo é um dos principais fatores de rankeamento para o YouTube. Assim como ocorre na otimização de sites para o Google, é necessário escolher um título atraente, que tenha palavras-chave que informem ao usuário o assunto do vídeo e, ao mesmo tempo, sejam representativas em número de buscas.

Os títulos para o YouTube não devem passar de 100 caracteres. Então, seja breve ao descrever seu vídeo!

Meta-keywords

Ao contrário do buscador Google, para o qual as meta-keywords não têm mais importância alguma, o YouTube ainda considera essas palavras-chave como um importante fator de rankeamento. Procure utilizar de seis a oito meta-keywords que tenham relação com o seu vídeo.

Densidade de visualizações

Nós podemos ver a quantidade de visualizações no YouTube, mas não conseguimos ter acesso à densidade de visualizações, que é uma relação entre a publicação do vídeo o número de visualizações. O YouTube, por meio do resultado desse cálculo, consegue entender se o seu vídeo é relevante para a comunidade de usuários ou não.

A densidade de visualizações também conta na avaliação dos canais. Se a sua página de canal tem muitos acessos, vai se posicionar cada vez melhor nas buscas do YouTube.

Tempo de visualização

Se o seu vídeo é assistido por mais tempo do que o dos concorrentes (se é assistido completamente, melhor ainda!), saiba que está se dando bem para o YouTube. O site também leva em conta o tempo de visualização dos vídeos para estabelecer um ranking de buscas.

Descrição dos vídeos

As descrições também são muito importantes para o posicionamento dos vídeos. Os vídeos podem ter até cinco mil caracteres de descrição. Mas, cuidado: somente os 150 primeiros caracteres aparecerão para o usuário. Se o seu texto for realmente cativante para o leitor, vai ser exibido integralmente por meio do botão “mostrar mais”. Capriche no marketing de conteúdo!

Vídeos em HD

Eis um fator cada vez mais importante. Os vídeos em HD (High Definition) passam a ser cada vez mais importantes para o YouTube. Se os seus vídeos têm aquela aparência caseira, saiba que isso pode trazer mais problemas do que o habitual rechaço do usuário a um vídeo de qualidade de imagem duvidosa.

Comentários

Os comentários já foram mais relevantes para o YouTube, mas ainda importam na hora de classificar vídeos no mecanismo interno de busca. Se o seus vídeos têm muitos comentários, saiba que a rede social está gostando disso.

Backlinks

Assim como os sites comuns, seus vídeos no YouTube também podem ser beneficiados com backlinks em bons domínios. As possibilidades de backlinks para vídeos do YouTube são muito grandes, pois geralmente se trata de conteúdo útil e relevante para os usuários. As chances de ser acusado de spammer em blogs, fóruns ou redes sociais são pequenas.

Legendas, closed captions e transcrições

Não são fatores de rankeamento, mas ainda são muito importantes para melhorar a experiência do usuário. Se o seu vídeo foi feito em outro idioma, é fundamental adicionar legendas, até para que os usuários não fiquem perdidos caso não dominem idiomas estrangeiros.

Anotações e links para outros vídeos

Também não é fator de rankeamento, mas ainda assim é vista com bons olhos pelo YouTube a inclusão de anotações nos vídeos, seja para esclarecer o usuário ou para linkar com outro material relevante.

Esses são os principais fatores de rankeamento de SEO para YouTube. Agora que você já sabe o básico sobre posicionamento de vídeos nos buscadores, pode começar a aplicar essas dicas infalíveis nas suas produções. Ah, mas sem esquecer de que, para um serviço realmente profissional e completo, nada mais útil do que contar com quem realmente entende sobre otimização de sites para o Google!

Willian Casagrande

Jornalista, músico e amante de cafés com pouco açúcar.

Leia mais posts sobre: Marketing de Busca

O que é Meta Description - postagem blog K2 Comunicação

A importância de Meta Description para SEO

Quando você pensa em criar blog ou site, logo deve preocupar se o conteúd...
A relação entre SEO e Marketing de Conteúdo

A relação entre SEO e Marketing de Conteúdo

Que SEO (Automação para Sites de Busca) e Marketing de Conteúdo são dua...